Tríada - Evolua em todos os sentidos | Corpo - Mente - Alma

Página Inicial » Bem-estar e saúde » Meditação Um tempinho para med...

Um tempinho para meditar

Publicado por Redação em 13/10/2010 às 20h06

Pessoas com perfis e idades diferentes – mas todas tão ocupadas quanto você – conseguem parar, em algum momento do dia, para meditar. Então, por que não tentar? Veja como uma pedagoga, um executivo, uma jornalista e uma gerente comercial encaixam a meditação em suas rotinas e inspire-se

 

Texto • Erica Franquilino

Alguma coisa, felizmente, está fora da ordem. Apesar de todas as atribuições e preocupações diárias, cada vez mais pessoas buscam caminhos para harmonizar corpo e mente, por meio de práticas meditativas. Uma pedagoga, um executivo, uma jornalista e uma gerente comercial seguem na contramão da rotina acelerada das grandes cidades e, ao acordar, antes de dormir, ou mesmo no trajeto de volta para casa, dedicam algum tempo à meditação. Sim. É possível encontrar uma brecha no decorrer do dia e, mesmo que por alguns minutos, prestar atenção a sua respiração, voltar-se para si. Eles contam como.
 

Vivendo o aqui e o agora

Cerca de 800 crianças passam semanalmente pelas mãos da pedagoga Cassilda Soares Santana, 54 anos, orientadora de sala de leitura. Há três anos, quando ainda trabalhava em dois empregos, as dores insuportáveis causadas por problemas no nervo ciático a levaram a buscar aulas de yoga e meditação.

Hoje, Cassilda continua rodeada por crianças, mas o dia de trabalho começa de um jeito bem diferente: ao som de mantras. “Eu aplico a meditação não apenas no meu dia a dia, mas também na sala de aula. Coloco música meditativa e peço às crianças: ‘vamos tranquilizar a mente...’”. Ela garante que levar aos pequenos alguns minutos de prática meditativa faz bem tanto para os alunos, quanto para a professora.

“A música me ajuda muito, mas se não é possível ouvi-la, o mais importante é prestar atenção à respiração. Quando vejo que vou cair em pontos de estresse, paro e presto atenção à minha respiração”, comenta. É preciso ser persistente, ensina a professora. “Aos poucos, você vai encontrando formas de equilíbrio. Hoje, consigo me centrar em poucos segundos”, completa.

Cassilda conta que melhorou seus hábitos de alimentação, diminuiu a ansiedade e que passou a viver mais o “aqui e agora”. A meditação é parte cada vez mais importante na vida da pedagoga, que resolveu fazer um curso para formação de instrutores, “apenas para conhecimento”. O corre-corre continua, mas hoje a rotina “pesa menos”, ela diz.

 



Página 1 de 3
 
Recomendar Comentar Enviar por email Compartilhar Imprimir
COMPARTILHE NA REDE
ENVIAR POR EMAIL
Matérias relacionadas
Deixe seu comentário
elzbete araujo dos santos comentou às 16h55 em 16/10/2010 responder denunciar

obrigado pelas 10 dicas para rspirar melhor

Denunciar abuso no Site

Você está ajudando o Triada a controlar o conteúdo que está violando as políticas de privacidade do site.
Onde está o abuso que você está denunciando?


Adicione um comentário sobre essa denúncia:



Enviar

Obrigado!




  • + Da Semana
  • + Do Mês
  • + Comentadas
Inscreva-se em nossa Newsletter e receba em seu email nossas atualizações.

Twitter

Acompanhe-nos no twitter e fique por dentro das notícias em tempo real!
Siga-nos »
ACOMPANHE-NOS TWITTER ORKUT RSS NEWSLETTER