Tríada - Evolua em todos os sentidos | Corpo - Mente - Alma

Página Inicial » Cultura » Filosofia Filosofia nas telas ...

Filosofia nas telas do cinema

Publicado por Redação em 10/11/2010 às 13h23

Sociedade dos poetas mortos (Dead Poet’s Society, EUA, 1989)


 

Sociedade dos poetas mortos ilustra o conflito entre duas das mais famosas escolas do pensamento: o Realismo, que valoriza o que é objetivo, palpável, direito; e o Romantismo, de ideais mais poéticos e contemplativos. Essas duas linhas contrastantes são apresentadas aos estudantes da Welton Academy, um colégio preparatório só para garotos, regido por valores extremamente tradicionais e rígidos, tipicamente realistas.

Isso começa a mudar quando um professor substituto de Literatura chega à sala de aula com uma paixão imensa pelo ensino romântico, gênero que teve Arthur Schopenhauer como um de seus representantes – tido como pessimista, o filósofo colocava a emoção em destaque quando discorria sobre todas as coisas, vendo a existência como algo menos técnico e mais cheio de poesia.

No filme, John Keating (Robin Williams) dá início ao curso com um discurso fervoroso sobre a morte iminente de tudo o que vive, explicando aos alunos o caráter efêmero da vida e por que eles devem aproveitar cada momento ao máximo para que suas existências valham a pena – o conhecido “carpe diem”. As aulas continuam com incentivos a rasgar páginas dos livros teóricos, lições sobre poetas românticos como Thoreau e Lord Byron e exercícios ao ar livre, tudo para desenvolver uma perspectiva diferente nos jovens, que de início relutam em se adaptarem ao método pouco convencional do professor, mas acabam conquistados pela nova filosofia.

Dessa maneira, John Keating mostra que, ao lidar com nossas emoções mais profundas, despertamos a veia poética que dá à vida um sentido, uma razão. Refletir sobre o que pensamos ser verdadeiro nos ensina a fazer o mesmo com a opinião dos outros. Assim, nos tornamos mais cautelosos e menos propensos a simplesmente aceitar o que nos dizer e, sem depender do pensamento alheio, passamos a tomar nossas próprias decisões.

Na Welton Academy, o ensino rigoroso abafava as personalidades dos alunos e suas ideias próprias até a chegada do novo professor. A partir de então, eles mudam, ilustrando umas das máximas de Sócrates: “a filosofia liberta”.



Página 2 de 3
 
Recomendar Comentar Enviar por email Compartilhar Imprimir
COMPARTILHE NA REDE
ENVIAR POR EMAIL
Matérias relacionadas
Deixe seu comentário
Edson Novaes comentou às 15h36 em 06/01/2016 responder denunciar

http://www.cancerianosemlar.com.br/ - Publicação em 15/jan/2016.

Edson comentou às 17h57 em 20/03/2015 responder denunciar

https://edsonjnovaes.wordpress.com/2015/03/20/21-gramas/

mbt shoes stores uk comentou às 04h57 em 18/01/2014 responder denunciar

mbt shoes mens Filosofia nas telas do cinema 21 gramas Cultura Filosofia mbt shoes stores uk http://www.canadabusiness.ab.ca/mbt-nama-black-women-s-shoes.asp

Denunciar abuso no Site

Você está ajudando o Triada a controlar o conteúdo que está violando as políticas de privacidade do site.
Onde está o abuso que você está denunciando?


Adicione um comentário sobre essa denúncia:



Enviar

Obrigado!




  • + Da Semana
  • + Do Mês
  • + Comentadas
Inscreva-se em nossa Newsletter e receba em seu email nossas atualizações.

Twitter

Acompanhe-nos no twitter e fique por dentro das notícias em tempo real!
Siga-nos »
ACOMPANHE-NOS TWITTER ORKUT RSS NEWSLETTER