Tríada - Evolua em todos os sentidos | Corpo - Mente - Alma

Página Inicial » Dinheiro e Carreira » Performance Como driblar o estre...

Como driblar o estresse no trabalho

Publicado por Redação em 09/11/2010 às 15h58

Se os seus dias no trabalho têm sido puro estresse, está na hora de parar um pouco, analisar as causas do problema e tomar atitudes que podem evitá-lo. É mais fácil do que você imagina!

Texto • Redação


Há 20 anos, estresse era sinônimo de frescura. Quem, em uma empresa, ousasse falar em ambiente de trabalho estressante, corria o risco de parecer encrenqueiro ou preguiçoso. Mas as coisas mudaram – e muito.

No Brasil, desde 1999, o Ministério da Saúde incluiu o item “transtornos mentais e do comportamento” na lista das doenças ligadas ao trabalho, a qual só levava em conta os males cujas causas eram físicas (ruído excessivo, por exemplo). Hoje o estresse é considerado  um problema sério, que pode resultar de fatores ligados ao ambiente de trabalho, como ritmo exaustivo, mau relacionamento com os superiores ou colegas e ameaça de perda do emprego. “O estresse familiar e do trabalho são as formas mais graves da doença, não só por sua natureza e implicações, mas por configurar, na maioria das vezes, em uma fonte permanente de tensão”, afirma Luiz Gonzaga Leite, coordenador do departamento de psicologia do Hospital Santa Paula, em São Paulo.

Muitas pesquisas hoje atestam a relação entre estresse e doenças. “As pessoas que sofrem desilusões emocionais, por exemplo, ficam vulneráveis não só a úlcera, hipertensão, distúrbios cardíacos e dores de cabeça, como a alguns tipos de câncer, doenças infecciosas e até mesmo acidentes.” Portanto, nada de subestimar o seu caso. Confira as sugestões a seguir e transforme o seu cotidiano.
 

1. Pare para respirar

Se o seu ritmo é muito acelerado, experimente parar tudo de vez em quando, nem que seja por alguns minutinhos. É uma boa forma de aprender a controlar a ansiedade e, assim, desistir de tentar fazer mil coisas ao mesmo tempo. Ficar às vezes sem fazer nada não é sinônimo de folga ou irresponsabilidade.

 

2. Não queira unanimidade

Não espere que todos concordem com você sempre. Quem vive querendo a aprovação de todos normalmente acaba frustrado.  Esse tipo de comportamento causa estresse tanto para quem quer impor uma opinião como para aquele que é obrigado a aceitá-la.

 

3. Chega de reclamação!

Queixar-se sobre tudo é o tipo de atitude que multiplica o mal-estar dentro de uma empresa. Além disso, o tempo que a pessoa gasta reclamando poderia ser gasto na conclusão de suas tarefas. Por isso não gaste seu precioso tempo com assuntos que, às vezes, ou não têm fundamento ou não podem ser modificados. O mesmo vale para o hábito de fofocar.

 

4. Tenha uma visão global

Hoje o seu dia pode ter sido terrível. É, infelizmente, dias ruins acontecem. Não se deixe levar, no entanto, por pensamentos pessimistas. Nem todos os dias são assim. É bastante comum nas fases mais difíceis nos esquecermos da história completa. Se hoje aconteceu algo com o qual você discordou, isso não significa que você deve sair procurando outro emprego.

 

5. Não se irrite com a burocracia

Certos procedimentos, apesar de chatos, são necessários para a garantia da segurança de uma empresa e de seus funcionários. É verdade que alguns parecem existir apenas para complicar o que é simples, por isso irritam bastante mas, ainda assim, dificilmente são alterados. Contra a conhecida burocracia, na maior parte das vezes, não adianta lutar. É claro que, se você tiver soluções seguras e simplificadas, vale a pena sugerir, mas é bom que você também se prepare para aceitar certos procedimentos, embora não concorde com eles.

 

6. Não prometa o impossível

É bastante comum as pessoas prometerem a entrega de trabalhos complexos em prazos reduzidos só para impressionar os chefes. Essa é uma das armadilhas mais perigosas em que se pode cair, pois, quando o compromisso não é cumprido, ele coloca em risco o bom relacionamento entre empregado e patrão e causa a impressão de que o funcionário é incompetente. Para evitar esse tipo de apuro, seja franco e diga qual é a data real em que o trabalho tem condições de estar pronto.

 

7. Tenha tempo livre

É fato que aqueles que abdicam da vida pessoal em nome do trabalho não ficam plenamente felizes e acabam mais propensos ao estresse. Por isso, nada de trabalhar nos dias de folga ou vender as férias.

 

8. Conheça seu chefe antes de odiá-lo

Não cometa o erro de rotular uma pessoa só por causa do seu cargo. Em outras palavras, nada de taxar o seu chefe de louco, arrogante, incompetente e similares antes de conhecê-lo bem. As idéias pré-concebidas, muitas vezes, são as causadoras dos maiores mal-entendidos.

 

9. Elimine os intermediários

Sabe aquela história de Fulano falou mal de você ou Sicrano o acusou de ser o maior causador de intrigas dentro da empresa? Pois é, combater esse tipo de comentário não é impossível desde que você deixe de dar ouvidos aos chamados “leva e traz”. Quando tiver qualquer dúvida sobre a veracidade de algum comentário, cheque diretamente com a pessoa que supostamente o fez.

 

10. Respeito acima de tudo

Mesmo quando acontecerem os maiores imprevistos e nada der certo, não trate qualquer um de seus colegas de trabalho de maneira desrespeitosa, seja ele seu chefe, colega ou subordinado. Se você estiver com muita raiva (e isso às vezes acontece), pare o que está fazendo, tome uma água, vá ao banheiro lavar o rosto, enfim, esfrie a cabeça. Quando não há respeito, não há limites para as discussões e, então, o estresse vai a mil.
 

 
Recomendar Comentar Enviar por email Compartilhar Imprimir
COMPARTILHE NA REDE
ENVIAR POR EMAIL
Matérias relacionadas
Deixe seu comentário
Alexa comentou às 07h36 em 15/07/2011 responder denunciar

É um artigo muito interessante. Aqui você tem um outro sobre o mesmo tema com dicas para evitar a doença: http://euquerotrabalho.com/como-combater-o-estresse.html Abraços!

eliene p silva comentou às 08h43 em 08/10/2010 responder denunciar

sou muito estressada nao sei mais o que fazer queria umas dicaaaaaaaaaaaaa?

Denunciar abuso no Site

Você está ajudando o Triada a controlar o conteúdo que está violando as políticas de privacidade do site.
Onde está o abuso que você está denunciando?


Adicione um comentário sobre essa denúncia:



Enviar

Obrigado!




  • + Da Semana
  • + Do Mês
  • + Comentadas
Inscreva-se em nossa Newsletter e receba em seu email nossas atualizações.

Twitter

Acompanhe-nos no twitter e fique por dentro das notícias em tempo real!
Siga-nos »
ACOMPANHE-NOS TWITTER ORKUT RSS NEWSLETTER