Tríada - Evolua em todos os sentidos | Corpo - Mente - Alma

Página Inicial » Espiritualidade » Fé oriental Hinduísmo: por dentr...

Hinduísmo: por dentro da filosofia

Publicado por Redação em 31/01/2011 às 15h30

A curiosa opção dos sadhus

Na Índia, no Nepal e em alguns outros países, homens de pele encardida perambulam pelas ruas, vestindo apenas alguns pedaços de pano alaranjados, enrolados desengonçadamente no corpo, ou mesmo sem roupa alguma. Suas faces muitas vezes estão pintadas com cores vívidas ou um branco chapado; os cabelos ensebados, enrolados em dreadlocks, são tão longos quanto as emaranhadas barbas que escondem seus rostos de ossos protuberantes. Estas curiosas criaturas, chamadas sadhus, são homens – e algumas poucas mulheres – que abdicaram de tudo: bens materiais, família e prazeres da vida mundana. A maioria deles vive de doações em cidades e vilarejos; outros vivem completamente isolados, em montanhas e regiões mais remotas. Dedicados ao seu engrandecimento espiritual, os sadhus meditam, fumam haxixe, rezam e praticam yoga, em uma busca constante pelo moksha



Página 4 de 7
 
Recomendar Comentar Enviar por email Compartilhar Imprimir
COMPARTILHE NA REDE
ENVIAR POR EMAIL
Matérias relacionadas
Deixe seu comentário
sara comentou às 19h17 em 21/11/2012 responder denunciar

ou o hinbduismo é uma religiao sim se n fosse nao existiria ou seria um povo como agente e a religiao é muito importante ta? xauuuuu

Elisabeth comentou às 23h24 em 20/05/2012 responder denunciar

Olá onde posso encontrar um templo indu no rio de janeiro ou em niterói? Obrigada

Mahesvara Caitanya Das comentou às 01h45 em 30/06/2011 responder denunciar

Gostaria de fazer algumas correções: o hinduísmo não é uma religião, assim como o cristianismo não é uma religião, ambos são um grupo de religiões e seitas que comungam de elementos comuns; não existe um templo erótico na Índia, o que ocorre é que o chamado templo do sol, exibe algumas esculturas eróticas na parte exterior inferior da construção, entre as 24 rodas do carro do sol (que cruza os céus todos os dias), sendo as 24 rodas representação das 24 horas do dia, entre as rodas estão gravadas as atividades humanas realizadas durante essas 24 horas: atividades religiosas, artísticas, culinárias, bélicas, etc, inclusive as eróticas. Por conta dessas poucas esculturas externas, aqui no ocidente acabou por ser estereotipada como sendo um templo erótico... grande engano!

Denunciar abuso no Site

Você está ajudando o Triada a controlar o conteúdo que está violando as políticas de privacidade do site.
Onde está o abuso que você está denunciando?


Adicione um comentário sobre essa denúncia:



Enviar

Obrigado!




  • + Da Semana
  • + Do Mês
  • + Comentadas
Inscreva-se em nossa Newsletter e receba em seu email nossas atualizações.

Twitter

Acompanhe-nos no twitter e fique por dentro das notícias em tempo real!
Siga-nos »
ACOMPANHE-NOS TWITTER ORKUT RSS NEWSLETTER